Polícia por Paloma Morais no dia 08 de Set de 2017 • 18:20

Polícia Civil rebate denúncia feita por Sindpoc sobre munição e coletes vencidos: "alegações infundadas"

Polícia Civil rebate denúncia feita por Sindpoc sobre munição e coletes vencidos:

Foto: Divulgação

Após denúncia feita pelo Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc) sobre uso de munição e coletes vencidos, armas defeituosas, além de algemas insuficientes, a assessoria de comunicação da Polícia Civil afirmou que as "alegações são infundadas".  

"Arma de fogo não tem prazo de validade e as que, por algum motivo, apresentam defeitos são substituídas junto ao fabricante, dependendo do tipo de problema. As munições utilizadas  são repostas pela chefia da Polícia Civil, mediante comprovação do uso e solicitação. Destacamos ainda que todas as equipes que atuam nas ruas em ações veladas e cumprindo mandados utilizam coletes balísticos dentro da validade. Em tempo, comunicamos que a PC está  em fase final de licitação para aquisição de mais 2 mil coletes", disse a assessoria do órgão em nota enviada ao Metro1.

Ainda de acordo com a Polícia, a reestruturação da PC tem sido uma das prioridades da Secretaria da Segurança Pública. "Só nos últimos dois anos, além do lançamento de 18 novas unidades e recuperação de outras tantas em todo o estado, entregou cerca de 400 novas viaturas à instituição", diz a nota. "Neste mesmo período, mais de 700 novos profissionais foram nomeados e já atuam na defesa dos baianos. As contratações marcaram a história da PC, que enfrentou durante duas décadas o congelamento do quadro funcional", acrescenta.



publicidade:


Notícias : Polícia