Política

Vereador e sete servidores são afastados em operação na Câmara de Ilhéus

Sete mandados de prisão foram cumpridos contra agentes públicos e empresários envolvidos no esquema

[Vereador e sete servidores são afastados em operação na Câmara de Ilhéus]
Foto : Divulgação/ PRF

Por Juliana Almirante no dia 15 de Maio de 2019 ⋅ 12:40

Um vereador e sete servidores da Câmara Municipal de Ilhéus, no sul do estado, foram afastados hoje (15) na Operação Xavier, que combate a crimes contra a administração pública, fraudes em licitações e contratos e lavagem de dinheiro.

Os crimes foram entre os anos de 2011 e 2018 na Casa Legislativa. A investigação foi feita pelo Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco) e da 8ª Promotoria de Justiça de Ilhéus, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

São cumpridos sete mandados de prisão e dez de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Criminal de Ilhéus. Os nomes dos presos não foram divulgados. Entre eles, estão agentes públicos e empresários envolvidos no esquema.

A operação resulta da continuidade de investigações de esquemas fraudulentos identificados pela Operação Citrus, que revelou esquemas de corrupção praticados por agentes públicos, com apoio de empresas de assessoria contábil e de licitações, contratadas para maquiar documentalmente a prática dos diversos ilícitos apurados.

Foram apreendidos diversos documentos e objetos, como celulares e computadores. As pessoas foram ouvidas pelo Ministério Público e encaminhadas pela PRF à Delegacia Judiciária local.

Notícias relacionadas