Vida Alheia

No aniversário de 50 anos, Jornal Nacional vai ter apresentadores de todo o Brasil

Aos sábados, entre setembro e novembro, a bancada receberá dois jornalistas, um homem e uma mulher, de dois Estados diferentes

[No aniversário de 50 anos, Jornal Nacional vai ter apresentadores de todo o Brasil]
Foto : Reprodução / TV Globo

Por Juliana Rodrigues no dia 04 de Julho de 2019 ⋅ 12:20

Em comemoração aos 50 anos do Jornal Nacional, a serem completados em setembro, a Rede Globo promoverá um rodízio de apresentadores de todos os Estados brasileiros, mais o Distrito Federal, nas cadeiras de William Bonner e Renata Vasconcelos.

Segundo o site Notícias da TV, do mês de aniversário até o final de novembro, os apresentadores do JN aos sábados serão dois âncoras de afiliadas da Globo. A cada sábado, serão dois jornalistas, um homem e uma mulher, de dois Estados diferentes. Durante os três meses de rodízio nacional, os atuais substitutos de Bonner e Renata Vasconcelos ficarão temporariamente fora da escala aos sábados. São os casos de Maju Coutinho, César Tralli, Monalisa Perrone e Rodrigo Bocardi, entre outros.

Os apresentadores do JN por um sábado já estão sendo escolhidos, mas nenhum nome foi ventilado nos bastidores da emissora. A novidade foi bem recebida pelas afiliadas por ser uma oportunidade única de projeção nacional para os apresentadores locais. No entanto, nos bastidores, há quem veja a iniciativa como uma forma de a rede dar maior visibilidade a âncoras de telejornais em crise. Desde o ano passado, telejornais locais da Globo têm sido derrotados pela Record na Bahia, em Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, no Pará e no Distrito Federal.

Exibido desde 1º de setembro de 1969, o Jornal Nacional foi o primeiro telejornal em rede do Brasil.

Notícias relacionadas