Sábado, 24 de julho de 2021

Política

Kassab defende candidatura do PSD à Presidência e sugere Otto na cabeça de chapa na Bahia

Ex-prefeito de São Paulo deu entrevista nesta quarta-feira (21) à Rádio Metropole

Kassab defende candidatura do PSD à Presidência e sugere Otto na cabeça de chapa na Bahia

Foto: Reprodução Radio Metropole

Por: André Uzêda no dia 21 de julho de 2021 às 09:25

O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, sugeriu que o senador Otto Alencar seja melhor aproveitado na montagem da chapa para o governo da Bahia nas eleições de 2022. Rasgando elogios ao correligionário, em entrevista à Rádio Metropole, Kassab disse que Otto é um "quadro que não pode ser dispensado por ninguém", e o nomeou de "um leão pela Bahia".

"Otto só não foi ministro porque não quis. Quando o PSD recebeu a indicação do minsitério [no governo Dilma], oferecemos ao Otto e ele não quis naquele momento. Ele só não é presidente do nosso partido, porque quis voltar suas energias para outras ações. Percebo no Otto uma paixão pela vida pública. Vai deixar de servir a Bahia jamais. Tem energia para ajudar. Ele já foi vice-governador antes. Acho que esse cargo não está compatível com as realizações do Otto. Todos falam que é um dos melhores senadores que a Bahia já teve nos últimos tempos, ou mesmo na sua história. É um excelente quadro", disse.

O ex-prefeito de São Paulo também defendeu uma terceira via nas eleições presidenciais e que o atual presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), seja candidato ao Planalto pela sigla pessedista. Pacheco, por sua vez, ainda não respondeu ao convite.

"Eu acho fundamental a terceira via. Os dois candidatos que estão à frente das pesquisas [Lula e Bolsonaro] afastam a ideia da terceira via. Mas têm chance, sim. Pacheco é uma renovação muito grande. Um advogado muito bem-sucedido, ainda jovem, mostrou que tem talento para a vida pública, mostrou que sabe conversar com eleitor. Tem boa formação, moral, ética, profissional. E expressa a renovação", pontuou.

Kassab ainda criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na condução da pandemia. "Ele deveria dar um exemplo maior. Muitos falam que os recursos federais foram distribuídos, mas nada adianta se o presidente não dá o exemplo. Não usa máscara, se aglomera, não respeita os protocolos. Pra ser generoso com o governo: essa gestão é uma verdadeira bagunça", disse.

Kassab defende candidatura do PSD à Presidência e sugere Otto na cabeça de chapa na Bahia - Metro 1