Terça-feira, 26 de outubro de 2021

Esportes

Baiana Bia Ferreira garante ouro no Mundial Militar de Boxe, em primeira competição após Tóquio

A baiana de 28 anos, terceiro-sargento da Marinha do Brasil, derrotou a venezuelana Krisandi Rios Ojeda por decisão unânime dos juízes

Baiana Bia Ferreira garante ouro no Mundial Militar de Boxe, em primeira competição após Tóquio

Foto: AIBA/Divulgação

Por: Metro1 no dia 26 de setembro de 2021 às 08:57

Na primeira competição após a medalha de prata na Olimpíada de Tóquio (Japão), a pugilista baiana Beatriz Ferreira voltou a subir no pódio da modalidade. Desta vez, com o ouro. Neste sábado (25), a brasileira ficou com o título da categoria até 60 quilos do Campeonato Mundial Militar de boxe, disputado em Moscou (Rússia).

Na final, a baiana de 28 anos, terceiro-sargento da Marinha do Brasil, derrotou a venezuelana Krisandi Rios Ojeda por decisão unânime dos juízes. No terceiro e último round, após uma boa sequência de golpes de Bia, a árbitra chegou a abrir contagem para a adversária, o que poderia decretar a vitória por nocaute. A rival se recuperou, mas não o suficiente para tirar o título da brasileira.

A pugilista de Salvador disputa competições internacionais de boxe desde 2017. De lá para cá, só não esteve no pódio no Campeonato Mundial de 2018 (eliminada nas oitavas de final). No ano seguinte, porém, sagrou-se campeã do mundo e medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima (Peru).

Baiana Bia Ferreira garante ouro no Mundial Militar de Boxe, em primeira competição após Tóquio - Metro 1