Segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Esportes

Depois de jejum em 2016, Natação brasileira ganha medalha de bronze em Tóquio

Gaúcho Fernando Scheffer garantiu terceiro lugar nos 200m livres

Depois de jejum em 2016, Natação brasileira ganha medalha de bronze em Tóquio

Foto: Satiro Sodré/CBDA

Por: Gabriel Amorim no dia 27 de julho de 2021 às 06:28

Depois de um jejum de medalhas nas Olimpíadas do Rio em 2016, a Natação brasileira subiu ao pódio novamente em olimpíadas. O gaúcho Fernando Scheffer é bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O atleta fez 1min44s66, ficou com a terceira colocação e colocou o Brasil no pódio dos 200m  livre. A medalha na prova acontece 25 anos depois de Gustavo Borges ficar com a prata em Atlanta . A Grã-Bretanha completou o pódio garantindo os dois primeiros lugares. Tom Dean ficou com o ouro (1min44s22) e Duncan Scott com a prata (1min44s26).

Nadando na raia 8, Scheffer começou a final com o pior tempo, mas controlou o ritmo das braçadas até os 50m finais. A medalha foi conquistada na batida, com apenas dois centésimos de segundo de vantagem para o romeno David Popovic, de 16 anos. “Não sei até agora ainda (o que senti). Parece que estou travado no tempo. Quando caí para a prova, não estava pensando em tempo, colocação. Só queria fazer minha prova, colocar na água tudo que treinei e nadar feliz a cada braçada, aproveitando cada metro”, comemorou o nadador em entrevista após a prova.
 

Depois de jejum em 2016, Natação brasileira ganha medalha de bronze em Tóquio - Metro 1