Quarta-feira, 23 de junho de 2021

Bahia

DPT iniciará coleta de DNA dos familiares de pessoas desaparecidas

Amostras de DNA ajudarão na busca de pessoas desaparecidas para inclusão no Banco de Perfis Genéticos

DPT iniciará coleta de DNA dos familiares de pessoas desaparecidas

Foto: Divulgação DPT

Por: Metro1 no dia 09 de junho de 2021 às 18:23

O Departamento de Polícia Técnica iniciará, na próxima segunda-feira (14), às 10h, no auditório da sede da unidade, na Avenida Centenário, em Salvador, a coleta de DNA dos familiares de pessoas desaparecidas para inclusão no Banco de Perfis Genéticos. A ação, integra um  projeto nacional,  que visa inserção destas amostras no Banco de Perfis Genéticos para confronto com as amostras de corpos não identificados ou ossadas. 

A iniciativa está sendo realizada em parceria com o Ministério da Justiça (MJ). 

A perita criminal  e uma das representantes do DPT no Comitê Gestor do Projeto, Tânia Gesteira, explicou que o fato da rede integrar outros estados da Federação, significa dizer que, se um corpo for encontrado na Bahia e seus parentes realizarem as coletas no Rio de Janeiro, por exemplo, o Banco vai apontar a confirmação do parentesco. “A grande vantagem do Banco de Perfis é justamente localizar as famílias dos corpos que nós não temos nenhum indício de identificação”, pontuou.

Na Bahia, as primeiras famílias a terem seu material genético coletado serão as que já são cadastradas na Coordenação de Antropologia Forense. “Nós vamos começar com essas famílias porque elas já possuem registros no nosso sistema e já aguardam informações sobre parentes desaparecidos”, explicou Letícia Sobrinho, Coordenadora de Antropologia e parceira da Coordenação de Genética na coleta das informações e das amostras. O Departamento também irá contar com o apoio da Polícia Federal nessa Campanha.  

As famílias que já possuem cadastro na Coordenação de Antropologia Forense devem entrar em contato com o número 3116-8622 para agendarem suas coletas.

DPT iniciará coleta de DNA dos familiares de pessoas desaparecidas - Metro 1