Quarta-feira, 23 de junho de 2021

Bahia

STF determina realização de censo; na Bahia, 15 milhões de domicílios serão visitados

Realização da pesquisa foi determinada em decisão do ministro Marco Aurélio de Melo

STF determina realização de censo; na Bahia, 15 milhões de domicílios serão visitados

Foto: Acervo IBGE

Por: Gabriel Amorim no dia 28 de abril de 2021 às 15:50

Por decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), o governo federal deverá tomar providências para realizar o Censo demográfico. Publicada nesta quarta-feira (28), em resposta a um pedido do governo do Maranhão. Na Bahia, segundo o Instituto Nacional de Geografia e Estatística (IBGE), cerca de 15 milhões de domicílios serão visitados no Censo.

Realizada a cada dez anos, a pesquisa que deveria acontecer em 2020, foi adiada em razão da pandemia do novo coronavírus. Na semana passada, o governo confirmou que o Orçamento de 2021 não reservava recursos para o Censo, o que impediria sua realização neste ano.

“O Censo é uma pesquisa essencial para o país, e muito importante para o IBGE. Principalmente por ser a única pesquisa que alcança todos os municípios e domicílios do país. Fazer essa contagem da população é necessário porque essa contagem é a base utilizada para implementação e avaliação de políticas públicas, inclusive para determinar repasses que são fundamentais para os municípios', explica a coordenadora de disseminação de informações do IBGE na Bahia, Mariana Viveiros. 

Mariana ainda explica que o Censo também ajuda na tomada de decisões para o setor privado e interfere no trabalho do próprio IBGE. “Os números do censo são fundamentais para embasar decisões de investimentos do setor privado e ainda ajudam o próprio IBGE a calibrar as amostras usadas em outras pesquisas, que são feitas por amostragem. É a partir do censo que a gente determina essas amostras”, detalha. 

Segundo o IBGE, na Bahia o planejamento é contratar 14 mil pessoas para a realização da pesquisa. Desses, 12.200 serão recenseadores, que vão cobrir os cerca de 15 milhões de domicílios baianos. Os demais atuarão como agentes censitários, em cargos de supervisão. 
 

STF determina realização de censo; na Bahia, 15 milhões de domicílios serão visitados - Metro 1