Vida-Alheia 19 de Abr de 2017 • 17:28

Marcos é indiciado por agressão a Emilly no BBB17

Marcos é indiciado por agressão a Emilly no BBB17

Foto: Reprodução

O médico Marcos Harter foi indiciado por agressão a estudante Emilly Araújo durante o Big Brother Brasil (BBB 17), reality show da Tv Globo no qual a gaúcha foi campeã. O ex-BBB foi indiciado por lesão corporal com base na Lei Maria da Penha. Após análise das imagens, das declarações prestadas e do teor do laudo pericial, a investigação aponta que as lesões da vítima se deram em razão das “ações intencionais do autor”. O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público (MP).

Na última terça-feira (18), o Tribunal de Justiça divulgou uma nota afirmando que o o médico entrou com pedido de habeas corpus para suspender as investigações da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (Deam) de Jacarepaguá. O cirurgião, contudo, negou que ele ou seus advogados tenham entrado com o pedido de habeas corpus.

No site do Tribunal de Justiça, consta que o pedido feito pelo advogado Roberto Flávio Cavalcanti, que não é o representante legal do ex-BBB. O advogado confirmou que não tem vínculo profissional com Marcos, mas afirmou que entrou com o pedido para garantir que a Lei Maria da Penha não seja aplicada erroneamente.



publicidade:


Notícias : Vida Alheia