Segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Política

Temendo rebeliões, governo volta atrás e desiste de acabar com auxílio-reclusão

O presidente Michel Temer voltou atrás e desistiu de acabar com o auxílio-reclusão, benefício concedido às famílias de presidiários que contribuem para o INSS. [Leia mais...]

Temendo rebeliões, governo volta atrás e desiste de acabar com auxílio-reclusão

Foto: Alan Santos/PR

Por: Laura Lorenzo no dia 14 de agosto de 2017 às 14:37

O presidente Michel Temer voltou atrás e desistiu de acabar com o auxílio-reclusão, benefício concedido às famílias de presidiários que contribuem para o INSS. De acordo com o jornal Estadão, o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, convenceram Temer na reunião do último domingo (13) a recuar da proposta para evitar rebeliões.

A suspensão do benefício estava sendo proposta pela equipe econômica pois iria gerar uma economia de R$ 600 milhões em 2018, de acordo com dados do Ministério da Fazenda.

Temendo rebeliões, governo volta atrás e desiste de acabar com auxílio-reclusão - Metro 1