Política por Bárbara Silveira e Gabriel Nascimento no dia 17 de Jul de 2017 • 09:28

Rui nega que Coronel seja “pedra no sapato”, mas cobra promessa: “Me devendo um bacalhau”

Rui nega que Coronel seja “pedra no sapato”, mas cobra promessa: “Me devendo um bacalhau”

Foto: Carol Garcia/GOVBA

Com bom humor, o governador Rui Costa (PT) negou que o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Angelo Coronel (PSD) seja uma “pedra no sapato” do governo. Mas, apesar de reafirmar a boa relação, Rui fez questão de cobrar nos microfones da Rádio Metrópole uma promessa feita por Coronel. “Ele está me devendo um jantar, disse que faz um bacalhau. Ele fazia muito pra Jaques Wagner, pra mim ele ainda não fez”, brincou, durante entrevista a Mário Kertész, nesta segunda-feira (17).

Segundo Rui, a imagem de uma possível rusga entre os dois foi criada por causa da disputa entre Coronel e o deputado Marcelo Nilo pela presidência da Assembleia. “Tenho um apego pessoal com ele [Nilo], com a família dele. Eu disse a ele: ‘10 anos, Marcelo, agradeça as pessoas que foram seus amigos, que o elegeram por unanimidade’. Tentei demovê-lo da ideia de tentar mais um mandato. Quando Coronel me procurou, eu disse que não tinha problema nenhum. Não misturo as coisas. Tanto que o próprio Coronel sabe e diz que eu não pedi votos para Nilo. Criou-se uma falsa polêmica’, afirmou.

No mês passado, uma situação de tensão foi criada entre Executivo e Legislativo por causa do não pagamento das emendas impositivas à Assembleia, mas a questão logo foi resolvida. 



publicidade:


Notícias : Política