Política por Luiza Leão no dia 19 de Jun de 2017 • 17:55

Apesar de crise, segundo Arthur Maia, há margem para aprovação de reformas

Apesar de crise, segundo Arthur Maia, há margem para aprovação de reformas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O deputado e relator da reforma da Previdência na Câmara, Arthur Maia (PPS-BA), afirmou, nesta segunda-feira (19), que apesar da crise política, há margem para que as reformas previdenciária e trabalhistas sejam aprovadas pelos parlamentares. "O ambiente mudou. Mas eu não sinto ainda, em relação ao tamanho da base de apoio, uma mudança", disse o deputado sobre as reformas.

Para o Maia, a atuação do Congresso deve aumentar diante das denúncias de corrupção. "O protagonismo do Legislativo vai ter que ser muito maior para compensar o enfraquecimento do Executivo neste momento", acrescentou em discurso realizado na Associação Comercial de São Paulo.

O deputado citou ainda a possibilidade de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentar uma denúncia contra o presidente da República Michel Temer (PMDB). "Não estará falando a verdade quem disser que nós estamos em um momento político no Brasil de normalidade. Não estamos. O procurador-geral deverá entrar nos próximos dias com a solicitação para processar o presidente da República", acrescentou. Se a denúncia for apresentada, vai precisar ser aprovada pela Câmara dos Deputados.



publicidade:


Notícias : Política