Mundo por Marina Hortélio no dia 16 de Abr de 2018 • 22:00

Caracas lança moeda própria contra falta de alimentos

Caracas lança moeda própria contra falta de alimentos

Foto: Reprodução/Prefeitura de Caracas

A prefeitura de Caracas lançou ontem (15) uma moeda própria, o "Caribe", como uma medida contra a escassez e desvalorização do bolívar, moeda oficial, além da hiperinflação existente no país – que segundo o FMI deve alcançar 13.000% este ano. A moeda paralela apenas pode ser utilizada nas feiras de alimentos à preços subsidiados pelo município. As informações são do Estadão.

Cada Caribe equivale a 1 mil bolívares e tem cédulas de 5, 10, 20, 50 e 100. A prefeita de Caracas, Érika Farías, definiu a moeda como um "mecanismo de proteção" para a população. Os bolívares podem ser trocadas pelo dinheiro do município em transações eletrônicas em postos da prefeitura montados nas feiras. No primeiro dia de vigência, a unidade monetária foi aceita em seis feiras.

"Ser Caribe é ser rebelde, não renunciar, não se ajoelhar, é lutar. Ser Caribe é ser criativo, reconhecer o inimigo e combatê-lo em qualquer terreno e, por isso, hoje estamos mostrando nossa rebeldia Caribe em um terreno complexo que é o da economia, mas não há espaço onde O Caribe não possa vencer", afirmou a mandatária.



publicidade:


Notícias : Mundo