Mundo por André Teixeira no dia 10 de Jan de 2017 • 15:40

Vestidos de KKK manifestantes interrompem audiência de procurador-geral de Trump

Vestidos de KKK manifestantes interrompem audiência de procurador-geral de Trump

Foto: Independent Online

De capuzes brancos dois homens vestidos com capas da Ku Klux Klan "interromperam a audiência de confirmação do Senado para a nomeação de Jeff Sessions como procurador-geral dos Estados Unidos", e começaram a fingir estarem satisfeitos pela nomeação de um conservador como procurador-geral. 

Segundo site de noticías Em.com, um dos homens teria gritado quando foi levado pela Polícia do Capitólio dos Estados Unidos: "Você não pode me prender, eu sou um homem branco!" Manifestantes, incluindo grupos de defesa dos direitos humanos, agitaram cartazes que diziam: "Acabe com o racismo, pare Sessions" e "Acabe com o ódio, pare Sessions".

De acordo com o Em.com "Sessions é um ex-promotor federal, de 70 anos, que cresceu no sul segregado". Conservador, o promotor já expressou sua oposição à imigração. Sessions também será "questionado sobre se vai atender ao chamado da campanha de Trump para prender a rival Hillary Clinton pelo escândalo dos seus e-mails", diz o Em.com. 

Fonte: Em.com.br



publicidade:


Notícias : Mundo