Esportes por Laura Lorenzo no dia 11 de Ago de 2017 • 12:51

Mancini admite cenário delicado, mas diz que chegou no Vitória para "apagar incêndio"

Mancini admite cenário delicado, mas diz que chegou no Vitória para

Foto: Mauricia da Matta / EC Vitória

Técnico responsável por uma melhora surpreendente no desempenho do Vitória nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, Vagner Mancini admitiu que este foi o cenário mais delicado no qual já assumiu o Leão, mas disse que a situação permitiu que ele conseguisse algumas exigências antigas, como um contrato mais longo – até 2018 – e a possibilidade de implantar um projeto a longo prazo. Segundo Mancini, ele chegou ao comando do Rubro-Negro para “apagar um incêndio”.

“Foi uma cartada minha e uma situação onde eu enxerguei que o clube aceitaria porque ele também estava numa situação difícil. Não tem como você fazer um projeto sem que haja aceitação ou compromisso. Então nós sentamos, discutimos, e eles (integrantes da diretoria) entenderam”, explicou o treinador.

Mesmo permanecendo na zona de rebaixamento, com o treinamento de Mancini o Vitória passou de uma situação crítica para um aproveitamento de 77,7% nas últimas três rodadas, quando ele chegou no clube. o Técnico ainda aproveitou a boa imagem para fazer um pedido para os torcedores rubro-negros: "Conta muito para o jogador ouvir a torcida gritar ‘Nêgo’, da arquibancada. O Vitória precisa voltar a ser temido dentro de casa”, pediu.



publicidade:


Notícias : Esportes