Economia 30 de Jun de 2017 • 16:41

Conta de energia vai ficar mais cara no mês de julho

Conta de energia vai ficar mais cara no mês de julho

Foto: Marcos Santos / USP Imagens

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (30) que a bandeira tarifária de julho vai operar na cor amarela. Desta forma, os consumidores pagarão R$ 2 a cada 100 kWh consumidos. Segundo a Aneel, o que determinou o acionamento da bandeira amarela foi o aumento do custo de geração de energia elétrica.

No mês de junho, a bandeira operou na cor verde, quando não há cobrança extra. A evolução da cor da bandeira tarifária aponta aumento de custo para produzir energia elétrica no Brasil. Isso acontece quando chove abaixo do previsto, o que reduz o armazenamento de água nos reservatórios das hidrelétricas.

Entenda as cores das bandeiras da conta de luz:

A ANEL opera na cor de bandeira verde quando há pouca ou nenhuma necessidade de geração de energia por termelétricas, que é mais cara que a produzida pelas hidrelétricas. Quando essa necessidade aumenta, a bandeira opera na cor amarela, e passam a ser cobrados valores extras de R$ 2 dos consumidores a cada 100 kWh consumidos. Quando o custo sobe muito, a bandeira passa a operar na cor vermelha e a cobrança extra nas contas de luz varia de R$ 3 a R$ 3,50 para cada 100 kWh usados. As informações são do portal G1.



publicidade:


Notícias : Economia