Cultura por Matheus Morais no dia 12 de Mai de 2017 • 13:05

Escritora Nélida Piñon lamenta morte de Antonio Candido: "O mestre do Brasil"

Escritora Nélida Piñon lamenta morte de Antonio Candido: 'O mestre do Brasil'

Foto: Divulgação/ EBC

A escritora e membro da Academia Brasileira de Letras, Nélida Piñon, lamentou a morte do crítico literário Antonio Candido, nesta sexta-feira (12), no Hospital Albert Einstein, aos 98 anos. "Morreu um grande mestre. Morreu o mestre do Brasil".

De acordo com a FFLCH, o velório, que acontece no Albert Einstein, vai até as 17h. Candido deixa três filhas: a designer e escritora Ana Luísa Escorel e as historiadoras Laura de Mello e Souza e Marina de Mello e Souza.



publicidade:


Notícias : Cultura