Cidade por Cristiele França no dia 07 de Dez de 2017 • 07:36

Após mais de 24h, empresa responsável não tem previsão de retirar carreta tombada da via

Após mais de 24h, empresa responsável não tem previsão de retirar carreta tombada da via

Foto: Leitor Metro1

A carreta que tombou as 5h30 da manhã desta quarta-feira (6) continua no mesmo local, depois da Via Expressa, no acesso para a BR-324, o que ainda deve causar lentidão ao longo do dia, principalmente para quem segue em direção à rodovia, assim como para a Ladeira do Cabula.

O veículo deve ser retirado por um guindaste particular, mas, segundo a Transalvador, a empresa responsável não tem previsão de quando o procedimento vai ser feito.

Além disso, já há lentidão em diversos pontos da cidade, mas ainda não houve acidentes. Quem trafega em ambos os sentidos da Aavenida General San Martin, próximo ao Largo do Tanque, já enfrenta transtornos, bem como na Rua Silveira Martins, no Cabula, entre o Atacadão Atacarejo e a Vila Militar, e na Dom João VI, na região do Hospital Aristides Maltez, em Brotas.

Na Cidade Baixa, há retenção desde o Largo dos Mares até a região da Feira de São Joaquim, na Avenida Engenheiro Oscar Pontes.

Em Salvador, houve três acidentes com três feridos nas ultimas 24 horas. 



publicidade:


Notícias : Cidade