Cidade por Laura Lorenzo no dia 06 de Dez de 2017 • 15:35

Drag queen é ameaçada nas redes sociais após apresentação em colégio

Drag queen é ameaçada nas redes sociais após apresentação em colégio

Foto: Reprodução / Facebook

A drag queen Natha Sympson, de 19 anos, sofreu ataques nas redes sociais depois de ter realizado uma apresentação durante um projeto sobre identidade e gênero no Colégio Estadual Odorico Tavares, no Corredor da Vitória, em Salvador. O vídeo da performance, divulgado no Facebook, recebeu muitas críticas e gerou polêmica nas redes sociais, além de ter sido alvo de comentários inclusive do deputado federal Delegado Francischini.

"Acreditem, isto é uma ESCOLA! Desde quando STRIP-TEASE VIROU EDUCAÇÃO?", escreveu o parlamentar na rede social. O vídeo também foi compartilhado por uma página na rede social feita por seguidores de Jair Bolsonaro, que além de criticar a drag fizeram ataques e ameaças contra ela.

"Juro, que se descobrisse que isso foi na escola de meu filho, eu ia dar uma pisa de pimba de boi seca no lombo dum diabo desses!!!"; "Da vontade de arrumar uma arma e sair matando um por um, Deus não permite é imundície, podre e sujo, não é pecado nesse caso"; "Enquanto não começar a matar essas desgraças, não vai parar, senta o aço nesses lixos...", foram alguns dos ataques feitos contra Natha.

Alguns internautas também criticaram a forma como o assunto foi abordado, por se tratar de uma escola, mas outros elogiaram a performance. Em seu Facebook, Natha divulgou os ataques que sofreu. Veja:



publicidade:


Notícias : Cidade