Bahia por Matheus Simoni no dia 12 de Jan de 2018 • 12:50

Imbróglio de pontes em Vera Cruz tem decisão judicial que contradiz legislações

Imbróglio de pontes em Vera Cruz tem decisão judicial que contradiz legislações

Foto: Leitor/Metro1

Os moradores de Vera Cruz, na Ilha de Itaparica, enfrentam problemas para transitar na região da praia entre Mar Grande e a Penha. Um aumento no fluxo de motocicletas e quadriciclos nas areias, prática proibida pelas legislações federal e municipal, preocupa veranistas e nativos e é causado por um imbróglio judicial que trava a mobilidade nas proximidades da Estrada da Gamboa. O problema teve início com a construção de uma ponte nos fundos da área homônima à rua, que acabou gerando polêmica.

O Jornal da Metrópole apurou que uma ação foi ajuizada para suspender o empreendimento por considerar a ação ilegal, já que teria sido erguida em uma área de preservação. A Justiça, por meio do juiz federal Evandro Reimão Reis, da 10ª Vara de Salvador, embargou a ponte nova e determinou que a prefeitura viabilizasse o fluxo na antiga passagem, que fica a menos de 100 metros de distância, sob pena de pagar uma multa diária de R$ 5 mil em caso de descumprimento. No entanto, esta ponte anterior é localizada na areia e apresenta condições precárias. De acordo com o Judiciário, ficou determinado à Prefeitura “colocação de obstáculos que impeçam a passagem de pedestres e qualquer transporte automotor...”.

Diante do risco à preservação das praias e o perigo iminente com a manutenção de um equipamento frágil, uma verdadeira guerra se instalou entre associações de moradores das duas localidades. Entenda a polêmica no JM. Clique aqui e baixe a edição desta semana.



publicidade:


Notícias : Bahia