Bahia por Paloma Morais no dia 07 de Dez de 2017 • 15:40

Filho de prefeito é preso após disparar contra arquiteto

Filho de prefeito é preso após disparar contra arquiteto

Foto: Reprodução/ R7

Filho do prefeito Alfredo Magalhães (PDT) de Sítio do Mato, no Vale do São Francisco, na Bahia, o empresário João Vitor Magalhães foi preso na quarta-feira (6) em Bom Jesus da Lapa, no oeste baiano, por porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio contra o arquiteto Wilson Magalhães, de 41 anos. A situação ocorreu após uma discussão de trânsito no último dia 26.

O suspeito foi preso preventivamente no escritório da sua empresa de gêneros alimentícios, onde foi encontrada a arma usada para cometer o crime. Ele foi encaminhado para a carceragem da 24ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin), em Bom Jesus da Lapa.

De acordo com o delegado Jakson Trindade, coordenador da 24ª Corpin, a prisão se justifica após comprovação do crime com provas e testemunhas coletadas durante a investigação. “Ficou bem claro neste caso a tentativa do homicídio. A partir da prisão, temos 10 dias para concluir o caso, e espero que até a terça-feira que vem, no mais tardar, esteja entrando com o indiciamento contra João Vitor por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo”, disse o delegado.

Trindade contou que, no dia do crime, João Vitor disparou 10 tiros contra o arquiteto após perseguição pelas ruas da cidade, por um trecho de aproximadamente 1,5 km. “Ele praticamente descarregou a pistola, pois o pente dela pega 15 projéteis”, disse.

A vítima, que não teve ferimentos, decidiu deixar a cidade e afirmou ao jornal Correio que vai entrar com um processo por danos morais e materiais contra João Vitor. “Estou esperando meu carro ser liberado pela perícia para o seguro fazer a avaliação. Tive um dano muito grande e vou querer a reparação”, disse.



publicidade:


Notícias : Bahia