Bahia por Luiza Leão no dia 10 de Ago de 2017 • 15:22

Após por riscos à saúde de funcionários de hospital, estado é condenado a pagar indenização de R$ 5 milhões

Após por riscos à saúde de funcionários de hospital, estado é condenado a pagar indenização de R$ 5 milhões

Foto: Sesab/ Govba

O governo do Estado da Bahia vai precisar pagar uma indenização no valor de R$ 5 milhões por danos morais coletivos. A acusação é de que os trabalhadores do Hospital Geral Clériston Andrade, em Feira de Santana, eram submetidos a um ambiente de trabalho que oferecia riscos à saúde dos funcionários.

A condenação foi resultado de uma ação civil pública, divulgada nesta quinta-feira (10) pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia, uma das entidades que acionaram o Estado na Justiça. A determinação foi da 6ª Vara do Trabalho de Feira de Santana. Durante as investigações, a defesa do governo alegou que o hospital havia realizado melhorias nos locais de trabalho.

A indenização deverá ser depositada no Fundo de Promoção do Trabalho Decente (Funtrad). Esse fundo é destinado a financiar projetos de capacitação e promoção de relações de trabalho dignas.



publicidade:


Notícias : Bahia