Bahia por Laura Lorenzo no dia 20 de Mar de 2017 • 15:18

Manifestação de professores impede votação na Câmara de Feira de Santana

Manifestação de professores impede votação na Câmara de Feira de Santana

Foto: Reprodução / Google Maps

Os professores de Feita de Santana voltaram a se manifestar, na manhã desta segunda-feira (20). O ato impediu a continuidade da sessão sobre a Previdência Municipal na Câmara de Vereadores de Feira de Santana. A classe alegou não ter sido convidada para a discussão, e se posicionou contra a reforma da previdência. O ato foi realizado ainda em algumas vias da cidade. 

Ao portal Acorda Cidade, o vereador Ewerton Carneiro (PEN), vice-presidente da Câmara de Vereadores alegou que a manifestação dos professores criou um grande tumulto e por isso a sessão foi encerrada. O projeto de lei sobre a previdência municipal pretende alterar o desconto dos servidores e representa um maior desconto no vencimento dos servidores municipais inscritos na previdência do município.

Para participar da sessão, a categoria precisaria ter enviado um requerimento fazendo a solicitação 24 horas antes da discussão da matéria. De acordo com a professora Marlede Oliveira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB), o ofício foi enviado nesta segunda e, na terça-feira (21), a classe vai tentar falar na Casa novamente. A sindicalista acrescentou ainda que a greve dos professores continua.



publicidade:


Notícias : Bahia