Turismo

‘É um atrativo para Sky’, diz representante da companhia aérea sobre o mercado brasileiro

A Sky foi a primeira companhia aérea de baixo custo (low cost) a operar voos regulares no Brasil

[‘É um atrativo para Sky’, diz representante da companhia aérea sobre o mercado brasileiro]
Foto : Vagner Souza / BNews

Por Adelia Felix no dia 08 de Julho de 2019 ⋅ 20:37

A coordenadora de assuntos corporativos da Sky Airline, Renata Robbio, afirmou em entrevista ao Metro1, que a companhia área avalia o atual cenário do mercado aéreo brasileiro – saída da Avianca, alta das passagens e redução no valor do ICMS sobre o querosene na aviação (QAV) -,  como um momento para investimento.

“É um atrativo para Sky. Para uns é uma crise, para nós é uma oportunidade de crescer. Vai ser excelente para o turismo também. Estamos crescendo pouco e vamos expandir aqui no Brasil”, disse.

A Sky Airline foi a primeira companhia aérea de baixo custo (low cost) a operar voos regulares no Brasil. Em 2018, a companhia realizou seu primeiro voo entre Santiago, no Chile, e o aeroporto do Galeão, no Rio.

Na noite desta segunda-feira (8), o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM) anunciou três voos semanais - às segundas-feiras, quartas-feiras e sábados -, entre 30 de dezembro de 2019 e 3 de março de 2020, de Salvador para Santiago, no Chile.

 

Notícias relacionadas

[Turismo cresce 11% na Bahia em maio]
Turismo

Turismo cresce 11% na Bahia em maio

Por Metro1 no dia 15 de Julho de 2019 ⋅ 15:00 em Turismo

Na avaliação do secretário estadual de Planejamento, Walter Pinheiro, setor deverá avançar ainda mais com pacotes de incentivo e investimentos anunciados