Mundo

Vaticano publica documento rejeitando definições flexíveis de gênero

Documento diz que estas ideias são uma ameaça à famílias tradicionais

[Vaticano publica documento rejeitando definições flexíveis de gênero]
Foto : Matt Campbell/Lusa

Por Catarina Lopes no dia 10 de Junho de 2019 ⋅ 19:00

O departamento do Vaticano responsável pela educação católica publicou um documento hoje (10) defendendo que definições mais flexíveis de gênero por escolas e pela legislação representam um risco à familias tradicionais e ignoram as diferenças naturais entre homens e mulheres.

Foram criticados os "pedidos de reconhecimento público do direito de uma pessoa de escolher o seu gênero e da pluralidade de novos tipos de união, que estão em direta contradição do modelo de casamento entre um homem e uma mulher, o que é apresentado agora como um vestígio de sociedades patriarcais".

Notícias relacionadas