Justiça

Iguatemi Construções é acionada por entregar unidades com avarias no Cabula

Obras do condomínio residencial Vallentina Vasconcellos Residence foram entregues com atraso

[Iguatemi Construções é acionada por entregar unidades com avarias no Cabula]
Foto : Reprodução

Por Adelia Felix no dia 06 de Julho de 2019 ⋅ 16:07

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) ajuizou ação civil pública contra a empresa Iguatemi Construções por atraso nas obras do condomínio residencial Vallentina Vasconcellos Residence, no Cabula, em Salvador, além de entrega de apartamentos com diversas avarias. 

Segundo a promotora de Justiça Joseane Suzart, autora da ação, as visitas aos apartamentos foram permitidas somente após a finalização da obra, “sendo percebidas, pelos adquirentes, as diversas irregularidades na construção das unidades, bem como das áreas comuns”. 

Também foram acionados os sócios da construtora Sandro Mota Vasconcelos e Nelson Vasconcelos; o Banco Santander; as empresas OGFI Outsourcing e Governança Financeira LTDA, a OGFI Participações SA e a Lidhis Servicap Participações SA que prestaram consultoria financeira ao empreendimento; além da empresa Magaldi Figueiredo Engenharia LTDA, que fazia medições periódicas na obra para o Banco Santander.   

Como pedido final, o MP requer que a Justiça determine que os acionados indenizem os compradores das unidades do condomínio ‘Vallentina Vasconcellos Residence’ em decorrência dos prejuízos materiais e morais sofridos diante dos vícios por inadequação e insegurança no edifício.

Notícias relacionadas