Cultura

'Esse modelo de megalivrarias não funciona', diz Fernando Oberlaender

Editor da Caramurê foi entrevista do programa Jornal da Cidade, nesta terça-feira

['Esse modelo de megalivrarias não funciona', diz Fernando Oberlaender]
Foto : Reprodução

Por Adelia Felix no dia 11 de Junho de 2019 ⋅ 19:32

Em entrevista ao programa Jornal da Cidade, na Rádio Metrópole, o editor da Caramurê e artista plástico Fernando Oberlaender afirmou que discorda que o mercado editoral esteja em crise. 

“Eu discordo um pouco. Ano passado, saiu uma notícia, que a Bahia tinha tido um grande aumento de consumo de livros. Eu acredito que sim. Houve um aumento, mas não é tanto assim. Há um problema, que é a questão das grandes livrarias, mas não é a falência total. A crise afeta todo mundo. Afeta o mercado de roupas, afeta o de alimentos. Ela afeta todos os mercados e inclusive de livros”, disse nesta terça-feira (11).

Na oportunidade, Oberlaender disse ainda que os modelos das megastores não conseguiram se sustentar. “Esse modelo de megalivrarias não funciona. Elas começam a ter estrutura muito grande e não focam mais no livro, e começam a não dar mais atendimento ao leitor”.

Ao final do programa, ele fez um convite à leitura. “O livro é viável é uma coisa maravilhosa e não é tão caro. Têm livros que tem o mesmo preço de um hambúrguer”, encerrou.

 

Notícias relacionadas