Cidade

Dois de Julho: onze bandas se reunirão em Encontro de Filarmônicas

Na 28ª edição, programação integra festejos de Independência da Bahia

[Dois de Julho: onze bandas se reunirão em Encontro de Filarmônicas]
Foto : Divulgação/ Secom

Por Juliana Almirante no dia 16 de Junho de 2019 ⋅ 11:40

O "Encontro de Filarmônicas" chegará à sua 28ª edição no próximo Dois de Julho, como parte dos festejos de Independência da Bahia.

As filarmônicas 9 de Agosto, Lira Popular de Belmonte, Lyra Ciciliana, Filarmônica Ambiental e a Oficina de Frevos e Dobrados, todas baianas, se apresentam na terça-feira (2), a partir das 18h. O encontro é tradicionamente aberto com os hinos Nacional, ao Dois de Julho e do Senhor do Bonfim. 

De acordo com o maestro Fred Dantas, coordenador do evento desde sua primeira edição, uma variedade de ritmos serão tocados. "Além dos dobrados que são comuns nas bandas filarmônicas, vamos trazer os arranjos de artistas da Música Popular Brasileira, como Tim Maia, e até mesmo do Axé dos anos 90", afirmou, em nota

"É um milagre estarmos há quase trinta anos relacionando essa continuidade à data da Independência da Bahia. Ao longo dos anos há uma rotatividade de bandas, se somado são mais de quarenta filarmônicas diferentes",destaca Fred.

Já na quarta (3), será a vez do Baile da Independência, que pretende resgatar o clima de um baile tradicional, inclusive com quermesse. Dividido em dois momentos, o baile é uma releitura do antigo Baile da Independência, criado pela classe média soteropolitana, e que deu origem à Festa da Mocidade, que mudou para o Campo da Pólvora e resistiu até os anos 1950.

O "Encontro de Filarmônicas" é realizado pela prefeitura, através da Fundação Gregório de Mattos (FGM), e vai contar ainda com a participação da cantora Juliana Ribeiro.

Notícias relacionadas

[Morre reverendo Enoch Sena Souza]
Cidade

Morre reverendo Enoch Sena Souza

Por Juliana Almirante no dia 22 de Julho de 2019 ⋅ 08:09 em Cidade

Fundador do Colégio São Paulo, educador havia concedido entrevista à Rádio Metrópole, em junho deste ano, quando contou a sua trajetória