Vida Alheia por Jessica Galvão no dia 06 de Dez de 2017 • 15:37

Inspirado no funk, Léo Santana diz que ʹVárias Novinhasʹ é ʹgíria carinhosaʹ

Inspirado no funk, Léo Santana diz que ʹVárias Novinhasʹ é ʹgíria carinhosaʹ

Foto: Jessica Galvão/Metropress

Lançado na última segunda-feira (4), o clipe “Várias Novinhas”, de Léo Santana, já bateu a marca de um milhão de visualizações no seu canal no YouTube. Durante coletiva de imprensa para o lançamento do “Verão do Gigante”, realizada na tarde desta quarta-feira (6), no restaurante Boi Preto, na orla de Salvador, o baiano comentou o hit.

Questionado pelo Metro1 se a nova música poderia ser interpretada como incentivo à pedofilia, o pagodeiro foi direto. "Não. Jamais. Até porque eu não sou o primeiro a lançar música com esse título. Isso é uma gíria nacional hoje, principalmente do funk, que usa muito isso. Novinha é um meio carinhoso, é tipo ʹô, mainha! Ô, mãeʹ. Eu penso dessa forma, não procuro levar por esse lado de pedofilia, ou algo parecido. Até porque, é um modo também de entreter tanto as pessoas mais adultas quanto as mais jovens", afirmou.

Ainda na opinião do artista, as mulheres levam o termo na "brincadeira". "Hoje, as coroas, as pessoas mais adultas, se você falar ʹé, tá se achando novinhaʹ, elas acabam rindo e levando como brincadeira, e isso é o que importa. As ʹvárias novinhasʹ da gente é nessa vibe. É o que está rolando atualmente, é uma gíria muito forte e eu tenho que acompanhar o que o mercado vem fazendo senão eu fico para trás", justificou.

Léo Santana disse ainda que não teme acusações de militantes mais radicais na internet. "Eu sou muito tranquilo sobre isso. Creio que não vai ter nenhum problema, até porque é uma música de letra bacana, de refrão dançante, não é aquela música de apologia a denegrir a imagem da mulher, ou da mais nova, ou da mais velha. É uma música suave e não pejorativa, de um modo geral", apostou.



publicidade:


Notícias : Vida Alheia