Saúde por Yasmin Garrido no dia 18 de Mar de 2017 • 08:22

Vencedor de leilão do Hospital Espanhol é "obrigado" a reabrir unidade

Vencedor de leilão do Hospital Espanhol é 'obrigado' a reabrir unidade

Foto: Divulgação

Desde o fechamento do Hospital Espanhol, em 2014, devido a problemas de insolvência, as dívidas trabalhistas da empresa estão se acumulando na Justiça. No próximo dia 8 de maio de 2017, o imóvel vai ser levado a oferta pública pela Justiça do Trabalho para que sejam pagos os cerca de R$ 130 milhões de dívidas com os 2.200 ex-funcionários da Real Sociedade Espanhola de Beneficência.

O comprador vai adquirir o hospital de "portas fechadas", apenas a estrutura com todos os equipamentos dentro. O preço mínimo da oferta é de R$ 195,3 milhões e o vencedor do eilão vai ter de colocar a unidade de saúde para funcionar. Isto porque, unm decreto do Governo da Bahia, datado de 2014, prevê que o bem de utilidade pública só pode ser utilizado para fins de saúde. Além disso, as empresas que se candidatarem devem apresentar provas de que têm experiência no ramo de saúde. 

O prédio principal está avaliado em R$ 106 milhões e possui 15 blocos. Já o segundo prédio vale R$ 79,1 milhões e tem quatro andares de estacionamento. A lista de bens móveis do hospital é composta por equipamentos de alta complexidade e por bens de pequeno valor que, juntos, somam mais de R$ 10 milhões. O leilão não vai ter desconto por causa do alto valor da dívida trabalhista. 

Confira os itens à venda:

  • Angio – Cardiac Slicker (aparelho para cirurgia cardíaca) - R$ 2,3 milhões
  • Aparelho de Ressonância Magnética  - R$ 1,5 milhão
  • Tomógrafo 64 canais  - R$ 700 mil
  • Tomógrafo 16 canais  - R$ 250 mil
  • BV Pulsera Arco em C - Raio X de intervenção seminovo -  R$ 100 mil
  • Câmara GAMA  - R$ 120 mil
  • RX móvel X-RAY TUBE RAD-74 - R$ 70 mil
  • Mamógrafo seminovo  - R$ 45 mil



publicidade:


Notícias : Saúde