Saúde 03 de Jan de 2017 • 15:27

Tratamento de câncer será um dos focos do Hospital da Mulher, diz governo

Tratamento de câncer será um dos focos do Hospital da Mulher, diz governo

Foto: Pedro Moraes/GOVBA

O tratamento de câncer em mulheres, principalmente de câncer de mama e do colo de útero, será um dos principais focos do Hospital da Mulher, que será inaugurado pelo governo do estado na próxima segunda-feira (9), no Largo de Roma. O objetivo é intensificar ações de atendimento à saúde da mulher, em razão da alta incidência de câncer na população feminina. 

Além do diagnóstico e tratamento do câncer, a unidade - que terá serviço de alta resolução em câncer de mama e colo de útero - foi estruturada para prestar assistência de média e alta complexidade em caráter eletivo e funcionar como retaguarda para a rede de urgência. De acordo com o governo, o objetivo é realizar diagnóstico e tratamento clínico e cirúrgico de doenças que acometem à mulher, desde a puberdade à menopausa.

"Uma mulher que faz um exame de toque e acha que está com caroço, o médico faz um exame de imagem. Nós queremos fazer o mesmo padrão de São Paulo, a mulher vai fazer a pulsão, ela aguarda o resultado e se o resultado for positivo, ela já vai para o centro cirúrgico", disse o governador Rui Costa.

O Hospital da Mulher será o segundo maior hospital especializado no atendimento à saúde da mulher do Brasil. Serão dez salas cirúrgicas e 136 leitos, dos quais 97 destinados à internação, dez leitos de UTI e 29 leitos para hospital-dia. A unidade vai contar ainda com equipamentos de tomógrafo computadorizado, ultrassom, doppler scan, raio-X e laboratório 24 horas. Foram investidos R$ 40 milhões nas obras de reforma do antigo Hospital São Jorge e na aquisição de equipamentos.

publicidade:


Notícias : Saúde

Carregar mais