Política por Laura Lorenzo no dia 14 de Fev de 2018 • 18:00

Combate à violência exige solidariedade e capacidade de amar, diz Cármen Lúcia

Combate à violência exige solidariedade e capacidade de amar, diz Cármen Lúcia

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, disse nesta quarta-feira (14) que "há uma imperiosa necessidade de se superar o quadro de violência" vivido atualmente pela sociedade brasileira.

A fala da magistrada foi referente à missão do Judiciário para a superação da violência e foi feita durante o lançamento da Campanha da Fraternidade 2018 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), cujo tema é "Fraternidade e Superação da Violência".

De acordo com a ministra, a situação exige "solidariedade, fraternidade e a capacidade de amar e perdoar". Cármen Lúcia ainda afirmou que a missão do Poder Judiciário é a aplicação do direito para buscar a solução de conflitos "de todas as formas contra todas as pessoas", ao acentuar que umas sofrem mais que outras.

"Há necessidade de encararmos, todos nós, emanados na perspectiva de superação do preconceito, da discriminação, que vitimiza essa comunidade", completou a ministra. Carmen ainda acrescentou que o Judiciário tem "atuado de forma digna e de forma correta" para tentar superar os problemas de forma democrática.



publicidade:


Notícias : Política