Política por Laura Lorenzo no dia 13 de Fev de 2018 • 13:24

PF apura relação entre bunker atribuido a Geddel e desvios na Caixa

PF apura relação entre bunker atribuido a Geddel e desvios na Caixa

Foto: José Cruz/EBC

A Polícia Federal está investigando, no âmbito da Operação Tesouro Perdido, o elo entre o bunker dos R$ 51 milhões atribuídos ao ex-ministro Geddel Vieira Lima e supostos esquemas de corrupção na Caixa Econômica Federal. De acordo com relatório divulgado pelo jornal Estadão, foram apreendidos pelo investigadores atas da instituição na casa da mãe do ex-ministro, Marluce Quadros Vieira Lima.

O documento mostra que a Caixa liberou R$ 5,8 bilhões em créditos a empresas investigadas. Do total, R$ 4,4 bilhões foram destinados a empresas da holding J&F. A mãe do ex-ministro também é uma das denunciadas na investigação.

A denúncia foi feita em dezembro do ano passado pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, no âmbito da Tesouro Perdido. Geddel, o seu irmão, o deputado federal Lúcio Vieira Lima, e o empresário Luiz Fernando Machado Costa Filho são acusados de associação criminosa e lavagem de dinheiro. Deles, a Procuradoria cobra R$ 51 milhões. A PF investiga ainda a origem do dinheiro. Um dos caminhos apontados pelos investigadores é o doleiro Lúcio Funaro, que afirmou ter levado malas de dinheiro ao peemedebista em voos a Salvador, que totalizaram R$ 20 milhões.



publicidade:


Notícias : Política