Política por Matheus Simoni e Matheus Morais no dia 12 de Set de 2017 • 19:02

Rui Costa ameaça romper contrato da folha de pagamento do Estado com Banco do Brasil

Rui Costa ameaça romper contrato da folha de pagamento do Estado com Banco do Brasil

Foto: Paula Fróes/GOVBA

Durante entrevista a jornalistas de Salvador nesta terça-feira (12), na Governadoria, o governador Rui Costa revelou que estuda suspender a validade do contrato da administração estadual com o Banco do Brasil para processamento da folha de pagamento dos servidores baianos. O motivo é o imbróglio envolvendo a demora da estatal em liberar o empréstimo de R$ 600 milhões para o Executivo estadual. O valor já havia sido liberado pelo governo federal, mas chegou a ser suspenso no início do segundo semestre.

Membros da bancada baiana do Senado pressionaram o presidente Michel Temer, que autorizou o repasse. No entanto, o montante ainda não foi depositado nas contas do Governo do Estado.

De acordo com Rui, a Procuradoria-Geral do Estado (PGE) já deu início à uma avaliação para cancelar o contrato. "Na minha opinião, o Banco do Brasil está rompendo unilateralmente o contrato com o estado da Bahia ao não cumprir suas obrigações, inclusive o direito de processar a folha de pagamento. Fico triste com funcionários de carreira que hoje são diretores do banco se submeterem a esse tipo de coisa do joguete político da pior qualidade possível. Esperava nunca mais ver isso acontecer no Brasil", declarou o governador.



publicidade:


Notícias : Política