Política 19 de Mai de 2017 • 19:55

Relator do projeto "Dez Medidas Contra a Corrupção" admite que recebeu dinheiro de caixa dois da JBS

Relator do projeto 'Dez Medidas Contra a Corrupção' admite que recebeu dinheiro de caixa dois da JBS

Foto: Antônio Cruz / Agencia Brasil

O deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) foi o primeiro parlamentar a admitir que recebeu dinheiro de caixa dois da JBS. A confissão foi feita em entrevista à Rádio Bandeirantes, o democrata contou que o dinheiro foi doado por uma subsidiária da empresa no Rio Grande do Sul, por meio de uma pessoa da confiança dele.

Na delação, os irmãos Joesley e Wesley Batista afirmam que Lorenzoni foi beneficiado com R$ 100 mil repassados pelo grupo. “Final da campanha, reta final, a gente cheio de dívidas com fornecedores, pessoas, eu usei o dinheiro. E a legislação brasileira não permite fazer a internalização desse recurso”, disse o deputado, que foi relator do projeto das Dez Medidas Contra a Corrupção, idealizado pelo Ministério Público Federal.

Na entrevista, o democrata pediu desculpas ao eleitorado gaúcho e disse que vai procurar o Ministério Público, na próxima semana, para relatar tudo o que ocorreu. Ele afirmou, ainda que esse foi o único repasse que ele recebeu e negou ter recebido qualquer dinheiro da Odebrecht. "Todos os demais recursos foram 100% contabilizados. Foi apenas esse recurso”, disse. Ele afirmou que resolveu confessar tudo por se sentir muito incomodado com a situação.



publicidade:


Notícias : Política