Política 19 de Mai de 2017 • 16:01

Editorial de O Globo pede a renúncia de Temer: "Perdeu as condições éticas e políticas"

Editorial de O Globo pede a renúncia de Temer: 'Perdeu as condições éticas e políticas'

Foto: Marcos Corrêa/PR

Primeiro veículo de comunicação a divulgar as denúncias do empresário Joeslei Batista, dono da JBS, contra o presidente Michel Temer (PMDB), o jornal O Globo publicou na tarde desta sexta-feira (19) um editorial contra a permanência do presidente no poder. No texto, o grupo Globo afirma que o "presidente perdeu as condições morais, éticas, políticas e administrativas para continuar governando o Brasil".

"Há os que pensam que o fim desse governo provocará, mais uma vez, o atraso da tão esperada estabilidade, do tão almejado crescimento econômico, da tão sonhada paz social. Mas é justamente o contrário. A realidade não é aquilo que sonhamos, mas aquilo que vivemos. Fingir que o escândalo não passa de uma inocente conversa entre amigos, iludir-se achando que é melhor tapar o nariz e ver as reformas logo aprovadas, tomar o caminho hipócrita de que nada tão fora da rotina aconteceu não é uma opção. Fazer isso, além de contribuir para a perpetuação de práticas que têm sido a desgraça do nosso país, não apressará o projeto de reformas de que o Brasil necessita desesperadamente", diz a publicação.

O editorial afirma ainda que só um governo com condições morais e éticas pode levar o país adiante e pede uma nova gestão "rapidamente". "A renúncia é uma decisão unilateral do presidente. Se desejar, não o que é melhor para si, mas para o país, esta acabará sendo a decisão que Michel Temer tomará. É o que os cidadãos de bem esperam dele. Se não o fizer, arrastará o Brasil a uma crise política ainda mais profunda que, ninguém se engane, chegará, contudo, ao mesmo resultado, seja pelo impeachment, seja por denúncia acolhida pelo Supremo Tribunal Federal", completa.



publicidade:


Notícias : Política