Política 19 de Mai de 2017 • 14:37

Empresário diz que Cunha “saiu comprando deputados”: “Para isso servia os R$ 30 milhões”

Empresário diz que Cunha “saiu comprando deputados”: “Para isso servia os R$ 30 milhões”

Foto: Lula Marques/ AGPT

Em vídeo divulgado na tarde desta sexta-feira (19) pela Procuradoria Geral da República, o empresário Joesley Batista, dono do Grupo JBS, revela como era o repasse de propina para o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. De acordo com Joesley, ele pagou R$ 30 milhões para a eleição de Cunha à Presidência, em 2014. 'Pago R$ 10 milhões com nota fria de fornecedores diversos que ele apresentava.'

'Pelo que eu entendi ele saiu comprando deputado, saiu comprando um monte de deputado Brasil a fora. Para isso que servia os R$ 30 milhões. Um bocado de nota fria foi apresentado por esses deputados, foi em torno de R$ 10 milhões, R$ 11 milhões. Teve em espécie entregue a ele, que eu não sei o que ele fez com isso, cerca de R$ 5 a R$ 6 milhões e R$ 12 milhões. R$ 12 milhões em dinheiro e R$ 5 a R$ 6 milhões em doação oficial ao PMDB', completou o empresário. 



publicidade:


Notícias : Política