Política 20 de Mar de 2017 • 14:40

Ministra Cármem Lúcia pretende voltar a dar aula no início de 2018

Ministra Cármem Lúcia pretende voltar a dar aula no início de 2018

Foto: Luiz Silveira/Agência CNJ

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, declarou nesta segunda-feira (20) que pretende voltar a dar aula na Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Minas Gerais, em Belo Horizonte.

Professora licenciada da instituição, lotada na Faculdade Mineira de Direito, ela disse que sente saudades dos "meus meninos"; em referência aos alunos da FMD. A presidente fez o anuncio, durante a aula inaugural da faculdade.

Ao chegar à instituição, a ministra foi chamada de golpista por uma aluna. "É da democracia. Se não fosse aqui, seria na sala de aula", avaliou.



publicidade:


Notícias : Política