Política por Bárbara Silveira e Gabriel Nascimento no dia 17 de Fev de 2017 • 08:48

Rui Costa: “Nasci na encosta da Liberdade, não foi em playground na Vitória”

Rui Costa: “Nasci na encosta da Liberdade, não foi em playground na Vitória”

Foto: Tácio Moreira/Metropress

Questionado por Mário Kertész durante entrevista nesta sexta-feira (17) sobre a possibilidade do Senador Otto Alencar ter o apoio de ACM Neto na disputa pelo governo em 2018, o governador Rui Costa não deixou de alfinetar o prefeito de Salvador e negou qualquer rusga com Otto.

“Eu nasci na encosta da Liberdade, não foi em um playground na Vitória. Eu tenho muitos kms rodados pra cair em qualquer casca de banana. Sei que a imprensa explora isso e aquilo, não acho que quem forma um grupo político tem que ter as pessoas de sua tutela ou aliados fracos, alguns pensam assim, em brilhar sozinho, no país inteiro. Eu penso diferente, tudo na vida a gente faz em equipe. Comecei minha vida em uma empresa e desde cedo percebi, e a própria empresa tinha essa concepção, o sucesso da empresa não dependia de ídolos e sim equipe”, disse.

Rui ressaltou que seu estilo é ter uma equipe forte. “Eu não acredito nessa relação de que você tem que ter gente fraca do seu lado pra sempre brilhar, quem tem fé em deus e trabalha muito não tem ciúmes das pessoas que progridem. É um modelo que vem dando certo na Bahia em que todo mundo participa, todo mundo cresce e me sinto orgulhoso. Eu me realizo quando faço amigos, gosto não só na política, no relacionamento com a imprensa. É bom quando no cotidiano, seja com os políticos seja com a imprensa, independente da função, você cria uma relação com amizade, o que a gente leva são as coisas boas que a gente faz de bom para as outras pessoas. Meu jeito de ser é esse. Me sinto realizado quando meu comportamento ajuda as outras pessoas. Fiz grandes amigos na política, Leão [vice-governador] é um grande amigo, Otto também, temos uma relação pessoal familiar. Não fico assombrado com nada, isso não me assombra. Estou trabalhando e quero todo mundo forte. As armadilhas parecem infantis de propor isso e aquilo”, afirmou. 



publicidade:


Notícias : Política