Política 11 de Jan de 2017 • 15:31

PF pede ao Supremo prorrogação de inquérito sobre Lula, Dilma e Cardozo

PF pede ao Supremo prorrogação de inquérito sobre Lula, Dilma e Cardozo

Foto: Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) requereu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prorrogação do prazo para investigar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ex-presidente Dilma Rousseff e o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, acusados de obstrução da Justiça nas investigações da Operação Lava-Jato.

O relator do inquérito e ministro do STF, Teori Zavaschi, recebeu o pedido encaminhado pela PF na última terça-feira (10). Em razão de o caso estar em segredo de Justiça, não é possível saber por quanto tempo a PF solicitou a prorrogação do inquérito. Teori pode ainda consultar a Procuradoria-Geral da República (PGR), autora do pedido de investigação dos três políticos em maio de 2016.

O inquérito apura a nomeação, por Dilma, do ministro Marcelo Navarro Ribeiro Dantas para o Superior Tribunal de Justiça (STJ), em 2015. Além disso, o caso também apura as motivações para a tentativa de Dilma nomear Lula como ministro da Casa Civil, em 2016. Investigadores trabalham com a suspeita de que um termo de posse foi enviado às pressas para evitar uma eventual prisão do ex-presidente, determinada pelo juiz Sérgio Moro, o que poderia configurar crime de obstrução da Justiça.

Além dos três nomes, o inquérito investiga Delcídio do Amaral, o ex-ministro da Casa Civil Aloizio Mercadante, o ex-presidente do STJ, Francisco Falcão, e o ministro Marcelo Navarro Ribeiro Dantas.



publicidade:


Notícias : Política