Polícia por Matheus Simoni no dia 14 de Nov de 2017 • 15:09

Suspeito de estupro, ex-aluno da Unifacs também assediou estudantes na Unijorge, diz delegada

Suspeito de estupro, ex-aluno da Unifacs também assediou estudantes na Unijorge, diz delegada

Foto: Alberto Maraux/SSP

O estudante Douglas Mendes Lopes, 30 anos, ex-aluno do primeiro semestre de design gráfico da Universidade Salvador (Unifacs), foi indiciado por estupro, após, segundo a Polícia Civil, masturbar-se na frente de, pelo menos, duas colegas. A prisão dele foi convertida em preventiva após audiência de custódia realizada segunda-feira (13).

Detido na última sexta-feira (10), Douglas, que estudava anteriormente na Unijorge, foi apresentado à imprensa nesta terça-feira (14). Ele foi acusado por duas colegas de colocar o órgão genital para fora da calça e se masturbar. "Ontem, duas estudantes da Unijorge telefonaram falando que ele teve este mesmo procedimento quando estudou por lá", contou a titular da 16ª Delegacia Territorial (Pituba), delegada Selma Reis.

Na sexta-feira (10), quando ele foi detido, seguranças da Unifacs acompanhavam o caso através das câmeras e avisaram aos policiais da 16ª DT. "Nossa equipe foi até ao local e prendeu Douglas em flagrante", disse Selma, acrescentando que, durante o interrogatório, debochou do trabalho da polícia, chegando a falar que logo estaria solto.

"Ele se enganou", ressaltou Selma. Douglas será encaminhado ainda nesta terça para o sistema prisional. Se condenado, poderá pegar pena entre seis e dez anos de prisão.



publicidade:


Notícias : Polícia