Polícia por Laura Lorenzo no dia 09 de Out de 2017 • 16:13

Mulher é morta a facadas pelo ex-companheiro dentro da viatura da polícia

Mulher é morta a facadas pelo ex-companheiro dentro da viatura da polícia

Foto: Facebook/Reprodução

Laís Andrade, de 30 anos, foi morta pelo ex-companheiro na noite do último sábado (7) dentro de uma viatura da Polícia Militar, logo após ter denunciado o homem. Os dois estavam sendo levados de Pavão (MG) para a delegacia de Teófilo Otoni (MG) quando o crime aconteceu.

De acordo com o portal G1, a vítima havia denunciado o homem depois de ter descoberto que ele tinha instalado uma câmera dentro do banheiro da casa dela. Os dois foram juntos no banco de trás da viatura, e no final do trajeto o homem atacou a ex-companheira com uma faca, depois golpeou o próprio pescoço e saltou da viatura. Ele foi capturado e preso, mas a atendente não resistiu aos ferimentos e morreu ainda dentro do veículo.

O delegado da Polícia Civil que estava plantão na delegacia de Teófilo Otoni neste domingo (8), Eduardo Gil, detalhou como o homem conseguiu a faca utilizada na crime. "Ele passou por uma busca pessoal, com é feito de praxe, mas antes de seguir viagem pediu para passar em casa para pegar alguns documentos. Foi neste momento que ele pegou uma faca e escondeu dentro do tênis. Situação que não foi notada pelos militares, nem pela ex-companheira", contou. Questionado, o homem disse que instalou os aparelhos porque desconfiava que a mulher estaria em um novo relacionamento.



publicidade:


Notícias : Polícia