Polícia 20 de Abr de 2017 • 14:46

Pais são presos suspeitos de asfixiar bebê de dois meses em Itamaraju

Pais são presos suspeitos de asfixiar bebê de dois meses em Itamaraju

Foto: Reprodução/ Tv Santa Cruz

Apontados como responsáveis pela morte do próprio filho, um bebê de dois meses que foi asfixiado, os pais da criança foram presos em flagrante no município baiano de Itamaraju, na tarde desta quarta-feira (19). De acordo com a polícia, o bebê tinha sinais de violência no pescoço. Leandro Silva Santos e Fabiana Rosa de Jesus ainda são suspeitos de terem dormido ao lado do corpo da criança após o crime.

De acordo com o G1, em depoimento prestado à polícia, a mãe da criança apresentou duas versões sobre o caso. Inicialmente, falou que o companheiro havia matado o bebê após uma briga com ela, uma vez que achava que a criança não era seu filho. Depois, voltou atrás e contou que a criança morreu engasgada após ter sido amamentada. Os agentes desconfiaram da versão porque os pais não procuraram socorro médico e ainda dormiram ao lado do corpo da criança. Leandro negou a autoria do crime.

Segundo a polícia civil do município, o crime aconteceu por volta das 23h da terça-feira (18) na casa onde a família morava, no bairro Baixa Fria. Os vizinhos denunciaram o crime.

No local, de acordo com os agentes, a criança tinha sinais de  violência no pescoço e a outra filha do casal, de dois anos de idade, apresentava queimaduras em todo o corpo. A menina foi levada para a casa de uma tia materna até decisão judicial.

O casal poderá responder pelos crimes de homicídio qualificado, omissão de socorro, maus tratos e lesão corporal.



publicidade:


Notícias : Polícia