Mundo 19 de Jun de 2017 • 19:19

Morre estudante americano depois de ser libertado pela Coreia do Norte

Morre estudante americano depois de ser libertado pela Coreia do Norte

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Morreu nesta segunda-feira (19) o estudante americano que foi libertado pela Coreia do Norte, Otto Warmbier. O jovem de 22 anos estava em coma. Ele recebia tratamento no estado de Ohio, nos Estados Unidos, desde que voltou ao país, no último dia 13.

Em nota, a família do estudante disse que ele estava em paz por estar em casa, apesar de quase angustiado.

Otto contraiu botulismo, segundo disse a Coreia do Norte, e entrou em coma após tomar um sonífero. No entanto, um médico afirmou que o jovem não apresentava sinais dessa doença.

O jovem foi preso na Coreia do Norte em janeiro de 2016. Em março, Otto foi condenado a 15 anos de trabalho forçado por ter cometido "atos hostis". Na época, durante o seu julgamento, o estudante confessou ter tentado roubar um cartaz de propaganda.



publicidade:


Notícias : Mundo