Esportes por Matheus Morais no dia 10 de Set de 2017 • 19:34

"Fiquei muito mais feliz do que triste", diz Mancini após empate

Foto: Divulgação/EC Vitória

O técnico do Vitória, Vágner Mancini, elogiou o poder de reação do time, após empatar a partida contra o Fluminense por 2 a 2, na tarde deste domingo (10), no Barradão, já nos acréscimos. Em coletiva de imprensa, Mancini disse ainda que o time cometeu "erros infantis", e afirmou ter ficado "mais feliz que triste" com o placar.

“Gostaria de enfatizar a postura do Vitória. Eu estou muito contente de ver a postura que o time hoje tem como mandante. Desde o jogo contra a Ponte Preta até hoje, tem que exaltar esses atletas pelo que têm feito dentro de campo. Lógico que tem coisas a acertar, hoje o Vitória acabou tendo dois erros infantis e acabou tomando dois gols diante de um time maduro, que sabe jogar dentro e fora de casa. Temos que exaltar o trabalho do Abel [Braga, técnico do Fluminense], que tem uma equipe bem montada. Mas a gente não pode permitir, sendo da forma como nós estávamos em campo, mandando na partida, permitir que o Fluminense empatasse e virasse nos minutos finais. Ainda bem que tivemos força para empatar o jogo. Fiquei muito mais feliz do que triste. Apenas pelo resultado fiquei triste, mas, pela atuação do Vitória, pelo nível de jogo, concentração, saio satisfeito. Não foi o que queríamos, mas, acima de tudo, tem que lembrar que nós vencemos jogos importantes fora de casa e que essa somatória de pontos continua até o fim do campeonato”, afirmou o treinador, em entrevista coletiva.

Mancini ainda elogiou a participação da torcida rubro-negra e preferiu não apontar os erros individuais dos jogadores. “Não vou apontar. Todo mundo viu que tomamos dois gols. Não vou colocar ninguém na forca. Os erros individuais dentro de campo... É como uma corrente que vai puxando, e todos os jogadores, membros da comissão técnica, dirigentes, torcida, estão inseridos. Ou todos somos Vitória ou vou vir para a coletiva e apontar erro de um ou outro. O pênalti, o lance do primeiro gol, o Mancini estava lá e viu. Dessa forma vamos buscar soluções. Eu de maneira alguma posso falar individualmente de A, B ou C. Todos viram que tomamos gols de bola parada, que normalmente não tomamos. Fora de casa a equipe tem sido consistente nisso. Tenho que dar os parabéns para a torcida do Vitória. Saiu chateada, mas não pode deixar de acreditar. Tem muita coisa a ser jogada. Estamos a seis pontos de quem busca Libertadores. Hoje estamos na zona de rebaixamento, mas vamos lutar para sair”, destacou.



publicidade:


Notícias : Esportes