Economia por Laura Lorenzo no dia 10 de Ago de 2017 • 17:30

Sem acordo, anúncio de nova meta fiscal ficará para segunda

Sem acordo, anúncio de nova meta fiscal ficará para segunda

Foto: Valter Campanato/Agencia Brasi

O presidente Michel Temer se reuniu nesta quinta-feira (10) com a equipe econômica e com líderes do Congresso para discutir as metas fiscais de 2017 e 2018. Durante a reunião, contudo, não houve concordância em todos os pontos e por isso o anúncio ficará para a próxima segunda-feira (14).

O governo pretende ampliar em R$ 20 bilhões o rombo previsto nas contas públicas tanto este ano quanto em 2018. Assim, o déficit primário deste ano, inicialmente previsto em R$ 139 bilhões, passaria a R$ 159 bilhões. Já em 2018, o indicador iria de R$ 129 bilhões para R$ 149 bilhões.

Participaram da reunião os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Henrique Meirelles (Fazenda); Dyogo Oliveira (Planejamento), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e os presidentes do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Além de Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo no Senado; deputado André Moura (PSC-SE), líder do governo no Congresso; deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), líder do governo na Câmara dos Deputados; e deputado Lelo Coimbra (PMDB-ES), líder da maioria na Câmara.



publicidade:


Notícias : Economia