Economia 18 de Mai de 2017 • 10:17

Após dia turbulento na política brasileira, dólar dispara e vai a R$ 3,31

 Após dia turbulento na política brasileira, dólar dispara e vai a R$ 3,31

Foto: Blog cambio e vistos

Um dia depois de o presidente Michel Temer ser alvo de uma denúncia de que teria tentado comprar o silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o dólar comercial abriu o dia com alta de mais de 5%, a maior em quase dois meses. As revelações contra Temer foram feitas na delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, do grupo JBS, investigados em desdobramentos da Operação Lava Jato.

O dólar bateu R$ 3,3137 nos primeiros negócios, em um dia turbulento no cenário político brasileiro. Segundo o Estadão, as denúncias contra o presidente Michel Temer já colocam agentes financeiros em estado de alerta e resultam, por exemplo, em perda acentuada das ações de empresas brasileiras negociadas no exterior. 



publicidade:


Notícias : Economia