Cidade por Matheus Morais no dia 13 de Set de 2017 • 12:30

"Avesso da democracia", diz secretário sobre oposição da CBTur ao CCB no Parque de Exposições

Foto: Tácio Moreira/ Metropress

A escolha do governo do estado para implantar o novo Centro de Convenções no Parque de Exposições tem gerado polêmicas. Desta vez, o secretário de Turismo da Bahia, José Alves, criticou integrantes do Conselho Baiano de Turismo (CBTur), que se opoem à implantação. Apenas dois membros do CBTur, o presidente Roberto Durán e o presidente do Convention Bureau, Sérgio Gomes, compareceram à reunião convocada por Alves para explicar detalhes do projeto, o que foi entendido pelo secretário como retaliação. “A gente abre as portas para o trade para se fazer uma audiência coletiva e as pessoas, ao invés de contribuírem, não aparecem. Isso é o avesso da democracia, o avesso do bom empresário. Você tem que ouvir. Como eu vou saber se a sua proposta é boa ou não se você não ouvir?”, questionou em entrevista ao site Bahia Notícias nesta terça-feira (12).

Para José Alves "ou é briga, ou é a parte política que, infelizmente, está entrando no processo que não era para entrar. Eu não quero pensar nisso”. Ele afirmou ainda que o presidente da CBTur “gostou do que ouviu” na reunião e prometeu levar a proposta para os demais integrantes da entidade. O trade turístico defende que o Centro de Convenções seja implantado no mesmo local do atual, no Stiep.

Em encontro com jornalistas, na tarde de terça-feira, o governador também falou sobre o assunto. "A área preferencial do governo do estado e minha pessoal é na área do Comércio, por todas as razões que já expus, mas as áreas do Comércio não estão se mostrando disponíveis no tempo exíguo que a economia de Salvador, a economia da Bahia precisa. O processo decisório tá sendo muito lento, e pra não ficar esperando muito mais a gente tomou a decisão de viabilizar naquele espaço que no tempo mais exíguo a execução que é o parque de exposições", afirmou.



publicidade:


Notícias : Cidade