Cidade por Gabriel Nascimento no dia 24 de Jul de 2017 • 06:35

Com obra da CLN, motoristas enfrentam mais de 5h de congestionamento entre Praia do Forte e Salvador

Com obra da CLN, motoristas enfrentam mais de 5h de congestionamento entre Praia do Forte e Salvador

Foto: Leitor/Metro1

A noite do último domingo (23) se tornou sinônimo de estresse e muita demora para os motoristas que trafegaram pela BA-099, a Estrada do Coco, no sentido Salvador. O trecho entre Praia do Forte e a capital baiana — facilmente concluído em 1h30 — levou mais de cinco horas para ser completado. Todo o transtorno foi causado por uma obra da Concessionária Litoral Norte (CLN), que administra a rodovia.

Sem emitir um aviso prévio sobre a intervenção, a empresa gerou um longo congestionamento pela rodovia ao fazer um desvio na altura da ponte do Rio Jacuípe para reparos. Em contato com o Metro1, a CLN classificou a obra como necessária e não deu detalhes sobre a finalização do serviço.

Quem enfrentou o engarrafamento — que passou dos sete quilômetros —, obviamente, reclamou. "Não tem um funcionário aqui da CLN. Nenhum. Zero de preocupação. Um problema na ponte feita por eles mesmos. Armengaram um desvio, mas não puseram ninguém para orientar", disse um leitor do Metro1.

Pelas redes sociais, foram várias críticas. "Sai de Praia do Forte as 17h10 e ainda nem cheguei na ponte, total desrespeito", escreveu um no Facebook, por volta de 22h. "Ajustes precisam ser feitos. Mas, custava informar antes sobre a obra?", questionou outro. O Metro1 entrou em contato novamente com a CLN e aguarda mais esclarecimentos.

Veja vídeo:



publicidade:


Notícias : Cidade