Cidade 19 de Jun de 2017 • 09:42

Destruído por incêndio, Mercado de Cajazeiras não tem câmeras de segurança

Destruído por incêndio, Mercado de Cajazeiras não tem câmeras de segurança

Foto: Reprodução/Agecom

Dois pavimentos, 133 boxes, R$ 7 milhões da Prefeitura, câmeras de seguran... não. Câmeras de segurança, não. Inaugurado em novembro de 2015, o mercado municipal de Cajazeiras foi exibido por um bom tempo como grande investimento da gestão do prefeito ACM Neto (DEM), mesmo apesar das reclamações dos permissionários. Pouco mais de um ano depois da abertura, um incêndio destruiu parte do estabelecimento, e agora, a secretaria de Ordem Pública (Semop) corre atrás de quem tenha um circuito interno para saber se o fogo teve origem criminosa.

A informação foi confirmada pelo próprio secretário Marcus Vinicius Passos, que até tentou explicar a falta do equipamento, mas não convenceu. "O mercado não tinha câmeras. A gente tem, tem... A gente vai solicitar. Eu tive a reunião no mercado, para você ter uma ideia, existe uma empresa de instalação de equipamento, que tinha o interesse em ter um boxe e ela iria fazer toda a instalação do mercado como forma de doação", disse.

Ainda segundo o secretário, a "doação" só seria feita depois do São João. "Uma doação de toda essa parte da câmera. Ontem demos uma volta no comércio da região para ver as imagens de câmeras que possam ser entregues para a gente", afirmou em entrevista a José Eduardo, na Rádio Metrópole, na manhã desta segunda-feira (19). Trocando em miúdos, todo esse tempo, nada que aconteceu no mercado foi registrado.



publicidade:


Notícias : Cidade